Fechar

Afinal, glúten faz mal para a saúde?

Hoje em dia, cada vez mais pessoas vêm aderindo a um estilo de vida mais saudável, o que se reflete muito na alimentação. Da mesma forma, cresce também o número daqueles que cortaram o glúten do seu cardápio. Mas você sabe por que isso ocorre?

Neste post, trazemos informações essenciais para ajudá-lo a entender melhor se o glúten faz mal para a saúde. Assim, você poderá fazer a melhor escolha para sua dieta e seu bem-estar. Continue acompanhando e saiba mais!

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
O que é o glúten e onde ele é encontrado?

O glúten é uma proteína naturalmente encontrada na semente de cereais como trigo e cevada, entre outros. Assim, alimentos como pão, e massas em geral, e bebidas como cerveja são ricas fontes de glúten. Ele é responsável por conferir, por exemplo, a elasticidade que vemos na massa do pão, pois tem estruturas que conseguem reter o gás carbônico proveniente da fermentação. Assim, é o glúten que proporciona a maciez ao tradicional pãozinho.

Em que situações o glúten faz mal?

Notadamente, o consumo de glúten faz mal a alguns grupos de pessoas, como os celíacos e aqueles que possuem alguma alergia ou intolerância à proteína.

Doença celíaca

Dificilmente se ouve falar em glúten sem o relacionar à doença celíaca, um mal que acomete 1% da população mundial e se trata de uma alteração imunológica que torna as pessoas intolerantes ao seu consumo. Para esses indivíduos, que costumam receber o diagnóstico depois de uma série de exames, a ingestão da proteína pode levar a quadros de diarreia, inchaço, dor abdominal ou, até mesmo, perda de peso e desnutrição.

Alergia ou intolerância ao glúten

Além dos celíacos, há pessoas que apresentam intolerância ou alergia ao glúten sem motivo aparente. Elas começam a manifestar sintomas físicos — como inchaço e inflamações — que melhoram a partir do momento em que cessam a ingestão da proteína.

Esse quadro pode ser atribuído ao fato de o glúten ser uma proteína difícil de ser digerida e com grande potencial alergênico. Por ser ingerido diariamente — e, muitas vezes, em grandes quantidades —, ao longo da vida, seu consumo pode ser prejudicial.

Também é imputada ao glúten a redução da absorção de uma série de nutrientes importantes para o bom funcionamento do corpo, como o ferro, o que pode causar anemia. Além disso, alimentos com glúten costumam ser mais calóricos, então os cortar da dieta pode ajudar no emagrecimento.

Quais cuidados são necessários ao excluir o glúten da dieta?

Ao excluir o glúten da dieta, eliminamos um agente que traz problemas e desconfortos à saúde, mas precisamos tomar cuidado com o restante da alimentação.

Por isso, é necessário manter uma dieta equilibrada, rica em fibras provenientes de outros grãos, a fim de manter um bom funcionamento intestinal. Também é preciso ter cuidado com a ingestão de outros carboidratos: não é porque são livres de glúten que não podem trazer problemas quando consumidos em excesso, na medida em que, alguns deles, também têm um índice glicêmico alto.

Então, é importante ter em mente uma palavra de ordem: “equilíbrio”. Se você percebeu que o glúten faz mal, deve ingerir, em seu lugar, alimentos livres da proteína, de forma a suprir, adequadamente, a demanda de nutrientes de que o organismo necessita.

Para dar o primeiro passo nessa mudança, rumo a uma nova rotina alimentar, aproveite e confira, agora mesmo, essa lista com mais alimentos que contêm glúten. Assim, você vai poder substituí-los e ter mais qualidade de vida!

Comentários

Comentário

Fechar