Fechar

Dieta sem glúten: conheça os benefícios desse tipo de alimentação

Quem é portador de doença celíaca ou tem outros problemas relacionados ao consumo de glúten sabe que não é fácil, principalmente no início, quando acaba de fazer a descoberta.

Os sintomas são extremamente desconfortáveis, como gases, ânsia de vômito, diarreia e irritabilidade, o que causa uma queda na qualidade de vida. Nesses casos, uma dieta sem glúten é a única opção para manter uma rotina saudável.

No entanto, não são só os portadores da doença celíaca que cortam o glúten de seu cardápio. Muitas pessoas livres de intolerâncias têm se interessado por uma alimentação sem essa proteína, em busca de mais saúde. Surgem, então, as dúvidas de como fazer uma dieta sem glúten que não seja extremamente restritiva e que tenha sabor.

Você tem algum tipo de restrição ou já pensou em fazer uma dieta deste tipo, mesmo que por um tempo? Confira, então, os benefícios de uma alimentação sem glúten e alguns exemplos de alimentos saborosos e nutritivos. Vamos lá!

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
O que é doença celíaca e intolerância ao glúten?

Existe uma diferença entre a doença celíaca e a intolerância ao glúten. Os portadores da doença celíaca são aqueles que convivem com o mal autoimune que ataca as vilosidades intestinais quando o glúten entra no organismo.

Além dos sintomas, ocorre uma inflamação que prejudica o revestimento do intestino delgado, gerando complicações médicas que impedem a absorção de nutrientes e, se danificada, prejudica todo o equilíbrio do corpo.

Já no caso dos intolerantes ou dos que possuem sensibilidade à proteína, devido à falta de uma enzima, o corpo não consegue fazer uma boa digestão de alimentos que contenham glúten. Com isso, os sintomas também aparecem, causando muito desconforto. Nesse caso, para conviver bem com a intolerância também é necessário cortar ou reduzir o glúten da dieta.

Quais os benefícios da dieta sem glúten para celíacos e intolerantes?

Entre os principais benefícios da dieta sem glúten, podemos citar:

  • Menos chance de desenvolver intolerância à lactose, que ocorre devido aos danos causados ao intestino;
  • Maior absorção de vitaminas e minerais, evitando deficiências nutricionais;
  • Prevenção da anemia;
  • Diminuição das chances de doenças como a osteoporose e problemas dentários, causados pela má absorção do cálcio;
  • Prevenção de doenças psicológicas, como a depressão;
  • Menos ocorrência de desordens pancreáticas e na vesícula; e
  • Redução das probabilidades de problemas como infertilidade.

E os benefícios da dieta sem glúten para quem não tem restrições alimentares?

Retirar o glúten da alimentação é obrigatório para as pessoas cujo organismo não consegue digeri-lo corretamente. Porém, não são só elas que fazem uma dieta sem glúten. Existem aqueles indivíduos saudáveis e livres de intolerâncias que também podem se beneficiar da alimentação sem a proteína.

A melhora na qualidade de vida vem sendo procurada por muitas pessoas, por isso, elas buscam alternativas e retiram alguns ingredientes de suas dietas. O glúten é um deles, pois seu consumo pode desencadear algumas reações, mesmo em pessoas saudáveis.

A doença celíaca pode, muitas vezes, permanecer latente por muitos anos. Ou seja, ela é capaz de estar lá, ainda que não tenha sido manifestada ou diagnosticada. Além disso, muitas pessoas acreditam que uma dieta sem glúten emagrece e é responsável pela perda de peso.

Porém, não é bem isso que ocorre, mas, ao mudar o foco da alimentação e optar por alimentos mais saudáveis — como frutas e verduras —, o corpo responde bem, fazendo diferença na balança.

Confira, a seguir, alguns benefícios para quem retira o glúten da alimentação, mesmo que não tenha a doença:

  • Melhora na consciência alimentar, com a escolha de alimentos de maior qualidade;
  • Diminui os índices de obesidade, por promover uma perda de peso saudável;
  • Reduz o inchaço e a retenção de líquido;
  • Melhora a saúde da pele, diminuindo a ocorrência de acnes e outros problemas;
  • Promove a redução da inflamação no organismo;
  • Melhora a saúde cardiovascular;
  • Estimula o metabolismo; e
  • Diminui as chances de desenvolver doenças como diabetes.

Quais alimentos são permitidos na dieta?

Um dos maiores medos daqueles que precisam fazer ou optam por uma dieta sem glúten está relacionado ao sabor dos alimentos e à opção de cardápios. A ideia de que esse tipo de alimentação é extremamente restritiva e pouco variada ainda é bastante comum.

Felizmente, isso não passa de um preconceito e é possível fazer diversas substituições e produzir receitas tão saborosas quanto as tradicionais, e, o melhor, muito mais saudáveis! Além disso, a inclusão de frutas, verduras, legumes e grãos possibilitam a descoberta de novos sabores e combinações.

No começo, reconhecer os alimentos sem glúten pode ser um pouco trabalhoso e parecer um grande desafio para quem não está acostumado com essa rotina. No entanto, com um pouco de prática, tudo ficará mais fácil. É necessário observar atentamente à rotulagem dos produtos, que deve, obrigatoriamente, conter as informações necessárias da composição do glúten, graças à lei nº 10.674.

Um dos maiores receios diz respeito à substituição da farinha de trigo, que pode ser feita com uma infinidade de produtos — como farinha de arroz, tapioca, amêndoas, coco, trigo sarraceno, banana-verde, linhaça, berinjela, milho, entre outras.

Ainda, pode ser necessária a adição de produtos como a goma xantana, cuja função é conferir elasticidade às receitas sem glúten. Mesmo que muitos alimentos contenham o glúten, é possível mudar a dieta e se adaptar com algumas substituições. Dentre os alimentos liberados, estão:

  • Arroz;
  • Aveia;
  • Tapioca;
  • Feijões;
  • Milho;
  • Farinha de grão de bico;
  • Leite e derivados;
  • Frutas;
  • Verduras;
  • Nozes; e
  • Carne, ovos e frutos do mar.

Já nas bebidas, a cerveja — querida por muitos — possui glúten e muitas pessoas pensam na dificuldade que pode ser retirá-la do dia a dia. Atualmente, já existem cervejas sem glúten, mas é preciso ficar atento aos rótulos e retirar as marcas tradicionais da rotina.

Além das opções de cerveja sem glúten, outras bebidas estão liberadas e podem ser consumidas sem preocupação, como:

  • Sidra;
  • Vinho;
  • Saquê (sem adição de cevada);
  • Champanhe;
  • Cachaça;
  • Conhaque;
  • Rum;
  • Tequila;
  • Vodca; e
  • Whisky.

Seja para os celíacos, intolerantes ou aqueles que apenas preferem evitar a proteína, é preciso alinhar a dieta sem glúten a algumas atitudes, para que ela seja ainda mais efetiva.

Não se deve abrir mão de boas noites de sono e exercícios físicos, que mantêm a saúde dos indivíduos. Seja caminhadas, corridas, musculação, natação ou o que mais combinar com o seu estilo, o importante é estar sempre ativo.

Vale lembrar que se os sintomas aparecerem decorrente da alimentação, é necessário procurar um médico e diagnosticar os possíveis problemas do intestino e do corpo. Além disso, as dietas devem ser acompanhadas com auxílio de profissionais e feitas de acordo com suas necessidades de energias e de nutrientes no corpo.

Deu para perceber que uma alimentação sem glúten não precisa ser um problema, não é mesmo? Com diversas opções deliciosas no mercado e infinitas possibilidades de receitas, não é necessário se privar do que gosta de comer!

E então, está pronto para iniciar uma dieta sem glúten e se favorecer de todos os seus benefícios? Aproveite a visita e conheça 5 marcas saudáveis de produtos sem glúten!

Comentários

Comentário

Fechar