Fechar

Contagem de carboidratos para controlar a diabetes: aprenda a fazer

Faz parte do controle da diabetes a contagem de carboidratos para poder saber a quantidade exata de insulina que deve utilizar após cada refeição. É preciso contar os carboidratos de cada alimento porque eles tendem a ter maior efeito na sua glicemia.

Por isso trouxemos um guia completo com todas as informações necessárias para você entender e aprender essa contagem tão importante para o controle da sua diabetes!

Carboidratos são o que?

Os carboidratos são nutrientes, responsáveis principalmente pelo fornecimento de energia para o nosso organismo. A velocidade de absorção dos carboidratos pelo corpo é determinada pela estrutura de cada um deles, e é nisso que os diabéticos devem prestar atenção: o índice glicêmico (IG) de cada alimento. Alimentos com baixo IG podem diminuir as chances de picos de açúcar no sangue, assim ajudam a manter os níveis normais de glicose no geral.

Entenda os grupos de carboidratos:

Carboidratos simples: são formados por estruturas pequenas (glicose, frutose, sacarose) e são encontrados principalmente nos alimentos doces e nas massas: açúcar, mel, balas, arroz, macarrão, refinados e outros. Por sua pequena estrutura, são rapidamente digeridos e absorvidos, o que pode levar a uma grande alteração dos níveis de glicose no sangue (glicemia). Podem ser imediatamente utilizados para produção de energia ou estocados (principalmente no fígado e nos músculos) para uso posterior, conforme a necessidade.

Carboidratos complexos: são formados pela união de várias estruturas de carboidratos, geralmente associados a fibras; por isso têm digestão mais lenta. Os alimentos mais comuns que possuem esse tipo de carboidrato são: abóbora, aveia, arroz integral, batata doce, brócolis, cereja, ervilha, gergelim, Iogurte light, farinhas Integrais, linhaça, lentilhas, milho, macarrão integral, pão integral, quinoa, pêssego, soja e tomate. A absorção mais lenta desses carboidratos é capaz de não causar grandes alterações na glicemia e garantir energia ao organismo por um maior período.

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
Como contar os carboidratos?

Para descobrir quanto cada alimento contém de carboidratos, podemos utilizar a informação nutricional dos rótulos ou tabelas de composição dos alimentos.

E, para calcular, vamos verificar quanto de cada alimento estamos consumindo em uma refeição somando quantas gramas de carboidratos cada um deles possui.

Os legumes e verduras possuem pequena quantidade de carboidrato, em média 5g por porção. Por isso, não incluímos na contagem da refeição. Porém, se a porção consumida numa mesma refeição for maior que três, contamos como 15g ou o equivalente.

Alguns alimentos não possuem carboidratos, como por exemplo, as carnes, mas é preciso lembrar que pouco mais metade das proteínas se converte em carboidratos. Em situações especiais como em um churrasco, a dica é: a cada três porções de carne, contar 15g de carboidratos.

Lembre-se sempre de que a quantidade que você deve consumir por porção é individual e deverá ser adequada à sua necessidade calórica e seu controle glicêmico. Para saber disso, é preciso consultar seu médico, que te dará todas essas informações baseadas em exames.

Quanto de insulina devo tomar baseado nessa contagem de carboidratos?

Para isso existem diferentes maneiras, mas as mais utilizadas são:

Regra geral para adultos: 1 unidade de insulina rápida ou ultrarrápida cobre 15 gramas de carboidratos.

Regra Geral para crianças: nesta regra, partimos do princípio onde 1 unidade de insulina rápida ou ultrarrápida cobre 20 – 30 gramas de carboidratos.

Regra 500: nesta regra, divide-se 500 pela dose total de insulina administrada nas 24h.

Ex: total insulina por dia é 10 UI

500:10 = 50, portanto neste caso, 1UI ultrarrápida deverá cobrir 50g de carboidrato.

De acordo com o peso: de todas, a mais utilizada é esta! Nela definimos um ponto de partida levando em consideração o nosso peso inicial. Para isso é preciso possuir em mãos uma tabela que mostra exatamente cada peso e a razão de insulina de acordo com o número de carboidratos ingeridos!

Disponibilizamos uma tabela bem detalhada com os pesos corretos, razão e como fazer a contagem dos carboidratos para vocês baixarem aqui em baixo e terem isto sempre em mãos caso necessário!

Comentários

Comentário

Fechar