Fechar

Meu filho tem APLV, e agora? Saiba como ser uma mãe preparada

Quando uma criança é diagnosticada com uma alergia alimentar surgem muitos medos e dúvidas, afinal, todas as mães querem o melhor para seus filhos. No entanto, é importante saber que existem opções para encarar essa questão da melhor maneira possível.

Pensando nisso, esse texto foi elaborado para ajudar as mamães preocupadas a lidar melhor com a alergia, fazendo com que o pensamento “meu filho tem APLV”  seja encarado com mais clareza. Acompanhe as informações abaixo e se informe a respeito:

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
Lembre-se que a APLV não é o mesmo que intolerância à lactose

Ao entrar em contato com esse novo universo, é comum as pessoas imaginarem que o problema do bebê seja com a lactose. Porém, a lactose é o açúcar do leite, e a alergia se refere a um problema com as proteínas deste alimento, sendo, portanto, problemas distintos.

Dessa forma, a maioria dos produtos livres de lactose continuam sendo proibidos para os alérgicos, já que se tratam de substâncias diferentes. Apenas lendo o rótulo em busca dos chamados “traços de leite” ou ligando para o SAC das empresas é possível confirmar se o alimento pode ser ingerido pela criança. Dito isso, vamos ao próximo tópico:

Leia todos os rótulos

Para ter a certeza de que a alimentação do seu filho está livre de contaminação, é extremamente importante ler os rótulos de todos os alimentos. A razão disso está nos diversos nomes que o leite pode receber em um produto, deixando-o muitas vezes “escondido” entre tantas palavras e termos técnicos.

Considere também que o leite pode aparecer em vários outros itens, mesmo aqueles que não são alimentos, como é o caso do giz de cera, da massinha escolar e do pó contido no interior dos balões de borracha. Saiba que nenhum desses itens pode entrar em contato com o alérgico, nem mesmo através da pele.

Crie um diário alimentar

Esse é um hábito que auxilia bastante na identificação dos possíveis alimentos causadores de crises. Sendo assim, anote tudo o que seu filho comeu durante o dia. Se ele passa o dia em uma escola ou creche, peça aos cuidadores que também colaborem com esse tópico, ajudando a cuidar da saúde dos pequenos.

Todas as anotações devem ser levadas em consultas com o médico e nutricionista, para auxiliar na melhor conduta do profissional e prevenir problemas futuros.

Tenha cuidado com a contaminação cruzada

Todos os utensílios que entram em contato com o leite e seus derivados são um risco para os alérgicos. Isso vale para os pratos, talheres, panelas, copo do liquidificador e até para a bucha da cozinha.

Ademais, o utensílio que fatia o presunto não pode ser o mesmo usado para cortar a mussarela e outros queijos, portanto, tenha atenção a esses itens, especialmente em supermercados e restaurantes.

O ideal é que toda a família entre na dieta ou reduza o consumo de produtos lácteos para reduzir as probabilidades de crises alérgicas do seu filho.

Fique preparado para emergências

É muito importante que todos os cuidadores mantenham os medicamentos do seu filho em um local de fácil acesso, como a adrenalina auto injetável, caso a criança sofra uma reação anafilática, assim como os telefones dos médicos e prontos-socorros em caso de uma emergência. Não é uma questão de pensar sempre no pior, mas de se precaver em caso de acidentes.

Esteja atento ao comer fora de casa

A maioria dos estabelecimentos não está preparada para atender a esses cuidados com os alimentos, por isso, esteja sempre com uma marmita para o seu filho, até mesmo nas festinhas de aniversário, para que a alergia não impeça a socialização da criança por medo de uma contaminação alimentar.

Lembre-se que a interação social é importante para o desenvolvimento de qualquer indivíduo, e, no caso do seu filho, não é diferente. É necessário apenas tomar algumas precauções para permitir que ele possa se divertir em vários ambientes e também se alimentar adequadamente.

Seguir uma dieta restritiva tem muitos desafios, mas tomando os devidos cuidados, certamente a frase “meu filho tem APLV” não será mais tão assustadora.

Gostou desse texto? Então aprenda mais sobre a alimentação de bebês e crianças com essa condição para estar sempre prevenida!

Compre produtos sem lácteos na OneMarket

  • Belive Cookies Double Chocolate Gluten Free 34g - Belive R$ 2.52
  • Mais Pura Chips Assados de Batata Doce com Ervas Finas 32g -... R$ 8.90
  • Belive Snack Batata Doce Sabor Frango Grelhado 35g - Beli... R$ 4.90
  • Carob House Alfarroba com Abacaxi 75g - Carob House R$ 13.25
  • Legurmê Molho Barbecue 330g - Legurmê R$ 19.30
  • Suavipan Bolo Integral Zero Açúcar de Maçã 250g - Suavi... R$ 13.80
  • Vittadely Kit Snacks Doces Multicereais Poplev 50g (4 unidad... R$ 25.08
  • Só.Snacks Snack Maracujá+Goji 50g - Só.Snacks R$ 9.90

Veja outros produtos

Comentários

Comentário

Fechar