Fechar

Mitos e verdades sobre a intolerância à lactose

Para a realização de um planejamento alimentar eficiente, principalmente para alguém que tem intolerância, é essencial buscar alternativas e informações nutricionais de qualidade. Essas informações têm o objetivo de construir uma dieta balanceada e saudável, bem como atender as demandas particulares de cada indivíduo. Mas, existem alguns mitos e verdades sobre a intolerância à lactose.

No entanto, por mais que seja possível identificar e interpretar diversos dados por meio da internet, é comum encontrar notícias e referências que não são verdadeiras — e que podem comprometer o seu bem-estar. Pensando nisso, confira os principais mitos e verdades sobre a intolerância à lactose.

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
Mitos

Confira, a seguir, os principais mitos relacionados a esse tipo de intolerância alimentar.

Lactose causa alergias respiratórias em crianças

Essa afirmação deriva da associação entre a alergia à proteína láctea e a intolerância à lactose. Entretanto, proteína e lactose são substâncias diferentes. A reação alérgica provoca uma forte atuação do sistema imunológico, enquanto a intolerância é uma dificuldade de digestão da lactose — açúcar presente no leite.

Os transtornos ocasionados tanto pela alergia quanto pela intolerância apresentam efeitos no sistema gastrointestinal, podendo causar cólicas, diarreias e vômitos. De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, apenas 8% das manifestações de alergia alimentar são respiratórias.

Existem alguns estudos que tentam relacionar a sinusite à intolerância a lactose, porém os resultados não são conclusivos.

Iogurtes contém baixo teor de lactose e podem ser consumidos livremente por intolerantes

Não é verdade. Segundo análises de identificação do teor em alguns produtos, foi constatado que a redução da lactose em iogurtes comuns, com culturas de lactobacilos vivos, é de 20 a 30%.

Para que seja adequado ao consumo de um indivíduo com intolerância à lactose é necessária uma redução acima de 70% — a tolerância ao produto pode variar de acordo com cada pessoa.

Portanto, para serem considerados apropriados, é importante que os iogurtes indiquem em seus rótulos que são de baixa/zero lactose. Outra opção do consumidor é comprar produtos à base de soja.

Verdades

Veja, agora, quais são as afirmações corretas a respeito desse quadro.

Pessoas com dieta restrita em lactose devem fazer suplementação de cálcio

A restrição de determinados alimentos pode reduzir a disponibilidade de nutrientes importantes para o funcionamento estável do corpo. Como uma das principais fontes de cálcio para o organismo são o leite e seus derivados, é necessário readequar a alimentação.

Existem diversas fontes de cálcio na natureza, como: brócolis, espinafre, gergelim, couve, nabo, quiabo, feijão, aveia, figos e outros. Outra opção são os alimentos com adição de cálcio, como leites e iogurtes de soja ou suplementos em cápsulas.

Leite de coco não tem lactose

A lactose é um carboidrato presente no leite de origem animal, seja ele de vaca, cabra ou ovelha. Os chamados leites vegetais (derivados da soja, arroz ou coco, por exemplo) não apresentam o açúcar em sua composição química e são, portanto, indicados àqueles que têm dificuldade de digestão do leite comum.

Intolerância à lactose tem tratamento

Em relação aos mitos e verdades sobre a intolerância à lactose, existem dois tipos característicos da enfermidade: primária ou secundária. A primária é uma condição permanente, determinada geneticamente, e ocasiona a diminuição contínua da produção da enzima lactase desde a infância até a idade adulta.

Já a secundária é uma condição temporária, sendo que a atividade da enzima responsável por “quebrar” e digerir a lactose é reduzida por doenças ou lesões que prejudicam a mucosa intestinal (doença celíaca, doença de Chron, dentre outras). Quando há cura, a atividade da lactase é recuperada.

Para ambos os casos, é possível realizar acompanhamentos médicos e nutricionais que consistem na administração de enzimas lactase na forma de cápsulas, sachês ou comprimidos. Eles podem ser ingeridos antes do consumo de produtos lácteos, e facilitam ainda mais o dia a dia de um intolerante.

Como vimos, é fundamental conhecer informações verdadeiras a respeito das alternativas nutricionais para os intolerantes à lactose. Ainda que haja certas restrições alimentares, é possível garantir saúde e bem-estar realizando alguns ajustes que mantém o organismo trabalhando com eficiência.

Você gostou do post sobre os mitos e verdades sobre a intolerância à lactose? Para ficar ainda mais por dentro das novidades, siga nossas páginas no Facebook e no Instagram. Até a próxima!

Comentários

Comentário

Fechar