Fechar

Turismo em Berlim: descubra por que ela é considerada a capital vegana

Se você ama viajar e está procurando um destino que combine cultura, diversão e opções veganas no cardápio, pode apostar na capital alemã para suas próximas férias! Embora a gastronomia do país seja reconhecida mundialmente pelas famosas salsichas, o turismo em Berlim é recheado de bares e restaurantes com menus sem proteína animal. Dá para fazer um roteiro super bacana sem se preocupar com a alimentação. Quer ver como? Confira nossas dicas neste post!

Por que Berlim tem o título de capital vegana?

Berlim é histórica e cheia de cultura: além de monumentos famosos como o Portão de Brandemburgo, é possível encontrar na cidade muitos museus, parques, e exposições de arte. Mas, para além disso, a cidade também tem o título de capital vegana.

Isso se deve ao fato de ela ter sido a cidade pioneira a inaugurar o primeiro supermercado vegano do mundo, o Veganz. Aberto em 2011, ele tem hoje duas unidades na capital alemã e outra em Praga, capital da República Checa.

O mais interessante do Veganz é que ele é um “mercado de verdade”, isto é, dá para fazer todas as compras do mês ali. Além de frutas e verduras, você encontra alimentos secos e congelados, cosméticos, ração animal, lanches, vitaminas e suplementos. Uma boa dica: deixe para comprar o que você quer levar para casa quando a viagem estiver terminando!

Como os veganos podem aproveitar o turismo em Berlim?

Tour vegano

Diversas empresas oferecem modalidades de tours nos quais o objetivo é conhecer a cidade e também aproveitar a gastronomia local. Além de conhecer os lugares veganos, são apresentadas histórias da cidade e curiosidades sobre a cultura. Vale a pena passar pela Schivelbeiner Straße, o quarteirão vegano onde fica localizado o supermercado Veganz). Ali, você também encontra a loja de calçados Avesu e a loja de roupas DearGoods.

Festivais veganos

É em Berlim que acontece o maior festival vegano da Europa, o Vegan Summer Festival. Neste ano, ele ocorre entre os dias 24 e 26 de agosto. O objetivo do evento é reunir veganos de todo o continente. A programação inclui workshops, música e gastronomia, além de exposição de diversos produtos veganos.

Restaurantes veganos

Existem muitos lugares veganos em Berlim, como cafés, bares e locais de comidas típicas. Elencamos algumas sugestões para você incluir na sua lista:

  • Kopps: restaurante que serve um brunch com opções veganas aos sábados e domingos, das 9h30 às 16h. Para se certificar de que vai encontrar um lugarzinho para você, recomendamos que faça uma reserva pelo site (em alemão).
  • Viasko: serve comida tradicional alemã, só que na versão vegana. Confira o site aqui!
  • Kék Ló: misto de café vegano e brechó! Um charme!

E se o restaurante não for vegano?

A boa notícia é que, mesmo em bares e restaurantes que não são veganos, você pode pedir algumas substituições no cardápio. Por exemplo, em cafés, verifique se é possível trocar o leite de vaca por algum leite de origem vegetal (de castanha ou de soja). Outra dica: mesmo que não exista um menu vegano pronto, monte seu prato de acordo com os ingredientes disponíveis. Na maioria dos casos, é só checar com o garçom!

Como você viu, existem diversas opções veganas de turismo em Berlim, o que prova que você pode, sim, planejar uma viagem bacana sem abrir mão das suas preferências na hora de se alimentar. A cultura do veganismo está crescendo em todo o mundo, o que é muito útil para quem gosta de viajar e quer encontrar opções compatíveis com seu estilo de vida!

A OneMarket é seu mercado online de alimentação inclusiva. Saiba mais sobre como vamos mudar o que você sabe sobre alimentação saudável. Quero Conhecer

Comentários

Comentário

Fechar