Fechar

Veganismo na gravidez: pode ou não pode?

Muito mais do que uma questão relacionada à alimentação, ser vegano é adotar um estilo e uma filosofia de vida. As pessoas que optam pelo veganismo não consomem e nem utilizam nenhum produto com qualquer ingrediente ou insumo de origem animal ou cujo processo de produção tenha envolvimento animal. O que fazer, no entanto, com o veganismo na gravidez?

É possível seguir como vegana quando se engravida? Quando falamos de dietas mais restritas durante a gestação, é normal que surjam algumas inseguranças — sobretudo por se tratar de um momento delicado, no qual toda a atenção deve ser focada na saúde da mãe e do bebê.

Foi pensando nisso que reunimos neste post os benefícios do veganismo na gravidez e os cuidados que devem ser tomados. Confira!

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
É possível manter o veganismo na gestação?

Sim, é completamente possível manter uma dieta vegana durante a gestação, desde que seja feita uma nutrição adequada e que não faltem as vitaminas e minerais fundamentais para o bom funcionamento do organismo tanto da mãe quanto do bebê.

Lembre-se de que a atenção com a alimentação deve ser redobrada na gravidez. Afinal, a mãe tem que comer o suficiente para dois — aqui, não estamos falando em quantidade, mas, sim, em qualidade!

O fato é que muitos nutrientes importantes para o desenvolvimento do bebê vêm de carnes e outros produtos de origem animal, o que torna importante que a mãe busque acompanhamento médico especializado para garantir as necessidades nutricionais específicas para esse momento. Isso vale para todas as mães, inclusive as vegans.

Quais os benefícios do veganismo na gravidez?

Entre os muitos benefícios proporcionados por esse tipo de alimentação, destacamos abaixo três deles.

Facilita a digestão

Uma das principais vantagens do veganismo na gravidez é que a digestão dos alimentos é geralmente melhor e mais rápida — diferentemente do que acontece com a ingestão de carnes vermelhas por exemplo, famosas por serem alguns dos alimentos mais difíceis de digerir. Isso alivia também alguns sintomas como queimações e azia, como veremos a seguir.

Evita azia

Este, aliás, é um dos mais comuns desconfortos sentidos pela mãe durante a gravidez. Trata-se de uma sensação de queimação que se inicia no meio das costelas e vai até a garganta, começando, geralmente, no segundo ou terceiro trimestre da gestação.

Seguindo uma alimentação vegana, que facilita a digestão, as chances de lidar com esse incômodo são certamente menores.

Previne a hipertensão e outras condições desfavoráveis

Quando nutricionalmente adequada, a dieta vegana é muito saudável, podendo fornecer benefícios na prevenção e tratamento de determinadas doenças, como diabetes, hipertensão arterial, problemas cardíacos, obesidade e até mesmo alguns tipos de câncer.

Quais cuidados devem ser tomados?

As vantagens são inegáveis, mas existem alguns nutrientes e vitaminas que são fundamentais ao organismo durante a gravidez e que podem ficar comprometidos no caso da alimentação vegana. Por isso, é tão importante o acompanhamento médico, para verificar a necessidade de suplementação.

Confira os principais nutrientes que podem ser comprometidos:

  • vitamina B12: essencial para a formação de células vermelhas e construção de material genético do bebê. Junto com o ácido fólico, ajuda  também no desenvolvimento saudável do cérebro do feto. Como só é encontrada em alimentos de origem animal, a suplementação é necessária;
  • vitamina D: fortalece ossos e musculatura do bebê durante a gravidez. Auxilia também na absorção do cálcio, fundamental nessa fase. Como uma alimentação vegana tem pouca ou quase nenhuma vitamina D, o ideal é a exposição segura ao sol e a ingestão de suplementos ou alimentos enriquecidos;
  • ferro: ajuda o bebê a se desenvolver de maneira saudável e evita a anemia;
  • vitamina C: o organismo absorve melhor o ferro na presença de vitamina C, que também é muito importante na gravidez.

Pronto! Agora você já sabe que é possível manter o veganismo na gravidez e aproveitar as vantagens desse estilo de alimentação. Lembre-se, no entanto, de que é fundamental seguir as orientações do médico ou especialista quanto à necessidade de ingestão diária de vitaminas, proteínas e nutrientes.

Compre produtos veganos na OneMarket

  • Natural Science Manteiga Veghee Com Sal 160g - Natural Science R$ 19.35
  • BiO2 Superfood Açaí 300g - biO2 R$ 48.64
  • OneMarket Lentilha Canadense Granel 500g - OneMarket R$ 7.00
  • Uncooked Barra de Cacau com Castanhas 30g - Uncooked R$ 5.39
  • Uncooked Brawnie 40g - Uncooked R$ 6.49
  • Sweet Freedóm Calda de Frutas 350g - Sweet Freedóm R$ 47.50
  • Sweet Freedóm Calda de Chocolate 320g - Sweet Freedóm R$ 47.50
  • Genevy ZeroMilk Morango 80g - Genevy R$ 13.70
  • B-ON Barra Balance Cacau + Canela 50g - B-ON R$ 14.90
  • A Tal da Castanha Pasta de Castanha de Caju + Coco 200g - A Tal da C... R$ 40.90
  • Qualicoco Shoyo de coco 250ml - QualiCoco R$ 23.82

Veja outros produtos

Comentários

Comentário

Fechar